Com o fim do verão, encontramo-nos perante a situação de que muitas das nossas plantas localizadas no exterior não vão suportar a chegada do frio ou das geadas. E ainda menos do inverno.

Algumas delas devem ser colocadas no interior de casa para evitar qualquer tipo de problema. Outras, devem ser resguardadas de alguma forma, mas existem muitas espécies que não vão necessitar de nenhum tipo de medida. De facto, algumas crescerão e florescerão melhor neste período.

Essas são conhecidas como plantas de inverno.

Este tipo de vegetação caracteriza-se por suportar temperaturas baixas, pela sua elevada resistência às inclemências meteorológicas e pela sua floração outonal ou invernal. De seguida, vamos-lhe mostrar 5 plantas de inverno ideais para decorar um jardim.

Adiante-se ao inverno!

amores-perfeitos
amores-perfeitos

O que são plantas de inverno?

Com a chegada do outono, é a altura de preparar o nosso jardim para as temperaturas baixas e o clima que se avizinha. Uma das coisas que nos devemos perguntar é: quero ter plantas verdes e com flor durante o inverno?

Ao contrário do que possa pensar, as plantas não só florescem e mantêm-se verdes na primavera. Pelo contrário. Há vegetação que encherá de vida o seu jardim mesmo no outono e no inverno.

Estas plantas são conhecidas como plantas de inverno e caracterizam-se por ser mais resistentes que as restantes, por ter uma folhagem perene (geralmente) e em muitas ocasiões, por florescer mesmo com temperaturas baixas.

Ervas, arbustos e mesmo árvores.

Existe uma grande variedade de plantas ideais para decorar um jardim durante este período do ano. Escolher uma dependerá dos seus gostos e preferências. E para que esta escolha lhe seja mais simples, vamos mostrar-lhe cinco das mais populares.

pinhas do abeto
pinhas do abeto

As cinco plantas de inverno ideais para decorar o seu jardim

Tal como já mencionado, as plantas de inverno são ideais para ornamentar o exterior ou o interior de casa. Esta vegetação caracteriza-se pela sua floração tardia (outono e inverno), pela folhagem e pela resistência às temperaturas baixas.

Se está a pensar que é a altura de começar a cultivar as plantas que vão passar a formar parte do seu jardim, vai-lhe interessar continuar a ler, pois a seguir vamos mostrar-lhe cinco espécies muito populares.

amores-perfeitos
amores-perfeitos

Amores-perfeitos

Nome científico Viola × wittrockiana
Nome comum Amores-perfeitos
Classe Magnoliopsida
Família Violaceae
Género Viola

Os amores-perfeitos, (Viola × wittrockiana), são híbridos muito usados na ornamentação exterior, dado que enchem de vida e cor o jardim mesmo nos meses mais frios do ano.

O mais destacado da planta e a razão principal da sua enorme popularidade, são as suas pequenas flores. Estas, apresentam cores muito variadas (desde uma única tonalidade até três diferentes numa mesma flor).

Como poderá imaginar, florescem durante o inverno.

Os amores-perfeitos são muito resistentes às temperaturas baixas e mesmo às geadas. Não se preocupe em mantê-los no exterior de casa, dado que, ainda que percam algumas das suas flores, estas voltarão a aparecer durante este período.

Se está a pensar em plantá-los, deve ficar a saber que os deve localizá-los numa zona a pleno sol ou em semi sombra. Usar uma terra solta que drene bem a água da rega (não toleram os encharcamentos) e não os regue em excesso.

Evite molhar as pétalas das flores quando estiver a regá-las.

abelia grandiflora
abelia grandiflora

A abélia

Nome científico Abelia grandiflora
Nome comum Abélia, Abélia-de-flor-grande
Classe Magnoliopsida
Família Caprifoliaceae
Género Abelia
Origem Este da Ásia e México.

A abélia ou abélia-de-flor-grande, é um arbusto muito resistente com floração muito bonita. Destaca-se pelos seus usos ornamentais tanto em jardins privados como em espaços públicos.

Esta planta pode chegar a medir uns 3 metros de altura, sendo o habitual que alcance 1 metro e meio. É um arbusto muito ramificado com folhagem “semipersistente”. Geralmente, a abélia apresenta folhas semicaducas que conseguem manter-se intactas durante os meses mais frios do ano.

A abélia, tal como mencionado anteriormente, destaca-se pela sua floração. Este pequeno arbusto produz flores em forma de tubo de até 2 cm de comprimento, de cor branca-rosada e com um cálice avermelhado que se mantém após terminar a sua floração.

Desenvolvem-se nas extremidades dos ramos.

A abélia não é exigente quanto ao cultivo. Pelo contrário. Adapta-se muito bem a quase qualquer tipo de terreno (exceto substratos calcários) sempre que se drene bem a água da rega. Além disso, requer adubo orgânico, rega abundante durante o verão, podas periódicas e pleno sol (para ter floração mais espetacular).

couve
couve

Couve

Nome científico Brassica oleracea
Nome comum Couve, Berça
Classe Magnoliopsida
Família Brassicaceae
Género Brassica

Conhecida Brassica oleracera, a couve caracteriza-se por ter um crescimento em forma de roseta durante o primeiro ano. Muito usada em decoração formando um conjunto de plantas.

As suas folhas são carnosas, dado que se encarregam de armazenar a água e os nutrientes de que necessita a planta para crescer e sobreviver. Além disso, são muito coloridas, podendo ser vermelhas, cor de rosa, amarelas ou brancas.

O frio do outono e do inverno é o responsável por provocar que estas folhas magnifiquem a sua tonalidade.

Um aspeto muito curioso do crescimento da Brassica oleracera é que, a partir do seu primeiro ano, a planta começa a desenvolver uma inflorescência amarela que pode chegar a alcançar o metro de altura.

Esta espécie alcança a sua vistosidade máxima durante o inverno.

Quanto ao seu cultivo e cuidados, a Brassica oleracea deve ser semeada num substrato fértil, regar-se regularmente evitando que a terra seque ou fique encharcada e aplicar-lhe um fertilizante específico.

ramos do abeto
ramos do abeto

O abeto

Nome científico Abies
Nome comum Abeto
Classe Pinopsida
Família Pinaceae
Género Abies

Os abetos são árvores de porte elegante, grande resistência e enorme longevidade. Com forma cónica quando são jovens e cilíndrica à medida que passam os anos, os abetos estão têm muitos ramos e são muito usados na decoração natalícia.

As suas folhas, um dos aspetos mais importantes desta árvore, são acículas, desenvolvem-se em espiral e não costumam medir mais do que 3 cm. São de cor verde-escura.

Quanto a como cuidar deles, deve saber que os abetos, ainda que sendo árvores muito resistentes, não toleram temperaturas extremas (o clima temperado-frio é o melhor). Preferem estar localizados em zonas de semissombra e necessitam de regas regulares, solo fresco e rico em matéria orgânica.

hera
hera

A hera

Nome científico Hedera
Nome comum Hera, Hera-comum, Hera-dos-muros
Classe Magnoliopsida
Família Araliaceae
Género Hedera

Já escrevemos brevemente sobre a hera neste blogue. A hera é uma das plantas mais populares na atualidade devido ao seu crescimento rasteiro e porque necessita de pouca manutenção. Este arbusto é uma das plantas de inverno mais usadas para decorar jardins.

Tem raízes aéreas que se “fixam” à superfície para trepar.

As folhas são perenes, pelo que terá uma zona sempre verde e cheia de vida. São coriáceas, de cor verde intenso e persistentes. As flores são pequenas e encontram-se reunidas formando panículas.

Se está a pensar em cultivar uma hera no seu jardim, plante-a numa área sombria (um excesso de luz pode queimar as suas folhas) e húmida, Use um solo alcalino que drene bem a água da rega (não tolera os alagamentos).

Assim termina este nosso artigo. Esperamos que lhe sirva de ajuda e inspiração quando se decidir por decorar o jardim com estas plantas de inverno.

Sumário
Descubra cinco plantas de inverno ideais para decorar o seu jardim.
Nome do Artigo
Descubra cinco plantas de inverno ideais para decorar o seu jardim.
Descrição
Neste artigo de jardinagem ficará a conhecer as cinco plantas de inverno ideais para decorar um jardim. Esta vegetação caracteriza-se pela sua resistência, a sua floração tardía e a sua folhagem geralmente perenifólia.
Autor
Nome do Editor
TudoHusqvarna
Logo do Editor