fbpx

Descubra um novo conceito de decoração: plantas de interior

Este artigo de jardinagem pensado para os amantes das plantas.

Tem uma divisão em sua casa aborrecida? Procura inspiração para decorar? Se é esse o caso, este artigo vai interessar-lhe, pois as protagonistas deste post são as plantas de interior.

Ao longo deste artigo vamos mostrar-lhe não só o que é esta vegetação e quais são as condições de cultivo, também quais são as espécies mais populares.

divisão de casa decorada com planta

divisão de casa decorada com planta

Que são as plantas de interior?

Perfeitas para as divisões interiores de casa e imprescindíveis na ornamentação de qualquer lar. Assim são as plantas de interior. Mas sabe realmente o que são?

Provenientes de climas tropicais (quentes e húmidos), esta vegetação é a que se cultiva sob um teto. Na realidade, são plantas que foram retiradas do seu habitat e se conseguiram adaptar às condições de interior de uma casa.

Esta adaptação não é uma mera casualidade.

na realidade, adaptamos-las “à força” ao ambiente das nossas casas. Como? Muito simples, fixando-nos em fatores como a humidade, a luz ou a temperatura.

O cultivo das plantas de interior

Ao plantar espécies no interior da nossa casa, devemos ter em conta aspetos como a humidade ambiental, a luz ou as temperaturas. Como vegetação.de clima tropical que é, as plantas de interior necessitam de uma certa humidade e temperaturas quentes.

Mas vamos por partes.

  • As regas devem estar sincronizadas com a terra, ou seja, com a humidade do solo. Se vemos que a nossa planta tem o substrato muito seco, devemos deitar-lhe água uniformemente, até que vejamos que comece a sair pelo fundo do vaso. As plantas de interior não toleram os encharcamentos nem as secas. De facto, é melhor regar a menos que a mais.
  • O recipiente de plantação. Deve ter uma boa drenagem. O melhor, nestes casos, é dispor de um vaso em que o fundo tenha uns buracos que apontem a um prato. Assim, a água da rega drena–se sem qualquer problema.
  • A luz também é outro fator muito importante. Cada espécie necessitará de uma quantidade de luz determinada, pelo que é melhor conhecer que planta temos entre mãos. Ao tratar-se de vegetação. interior, acabam por se acostumar à falta de luz, pelo que podem crescer sem problemas à sombra. No entanto, o melhor é colocá-las em janelas luminosas.
  • Deve-se resguardá-las das correntes de ar.
  • As plantas de interior costumam ser cultivadas em substratos específicos como por exemplo o composto de embalagem. Este caracteriza-se por ter uma boa mistura que contem os nutrientes, o suporte, a drenagem e o arejamento do solo correto para estas espécies. A mistura é formada por turfa e perlite.
  • Como mencionado anteriormente, as plantas de interior provêm na sua maioria de climas tropicais, pelo que as temperaturas devem estar de acordo com esses climas, ou seja, quentes. O melhor para estas espécies é que a sua casa ronde os 15 a 25⁰C.
  • Também é muito aconselhável fornecer fertilizante quando se observar que a planta está descaída, que tem um crescimento lento ou as suas folhas se tornam amarelas. E em caso de dúvida, recomendamos-lhe perguntar a um profissional.

Quais são as plantas de interior mais populares?

Algumas são populares pela sua aparência, outras pela sua simplicidade de cultivo,mas se algo temos claro é que as plantas de interior são ideais para ornamentar a sua casa.

Mas nem todas as espécies se cultivam tão frequentemente como outras. Vejamos portanto quais são as plantas de interior mais populares.

Costela de Adão

Costela de Adão

Costela de Adão

Nome científicoMonstera delicionsa
Nome comumCostilla de Adán
ClasseLlipsida
FamíliaAraceae
GéneroMonstera
OrigemPlanta trepadora originária das áreas tropicais da América.

A costela de Adão é uma planta trepadora originária das regiões tropicais da América que se caracteriza por apresentar uma folhagem perene formada por grandes folhas com forma de coração. À medida que estas folhas vão crescendo, vão-se abrindo de tal maneira que parecem uma costela.

Daí, o seu nome.

É uma das plantas de interior mais resistentes que existem, pelo que, se não tem muita experiência em jardinagem ou tempo para cuidar a vegetação. esta espécie pode ser perfeita para si.

A Monstera deliciosa necessita de regas e luz moderada, humidade ambiental, adubo mediante fertilizante líquido e um substrato rico em matéria orgânica.

tillandsia

tillandsia

A Tillandsia

Nome científicoTillandsia sp.
Nome comumTillandsia, Cravo do ar
ClasseLiliopsida
FamíliaBromeliaceae
GéneroTillandsia
OrigemEspécie aérea originária da América.

Conhecida como cravo do ar por ser uma espécie aérea, a Tillandsia destaca-se pelas suas flores tão vistosas. É uma planta de interior com folhagem perene e caule caído muito ramificado.

A sua flor é formada por 3 sépalas unidas na base, 3 pétalas estreitas e são de cores muito vivas (azul, verde). Mas se há algo que caracteriza esta planta é a ausência de raízes, pois trata-se de uma espécie epífita.

A Tillandsia é muito simples de cultivar.

Quase não necessita de rega (pulverização), pode viver tanto no interior como no exterior e requer um pouco de adubo diluído na água, que se usa nas pulverizações.

Saintpaulia ou violata-africana

Saintpaulia ou violata-africana

Violeta africana

Nome científicoSaintpaulia
Nome comumVioleta africana
ClasseMagnoliopsida
FamíliaGesneriaceae
GéneroSaintpaulia
OrigemPlanta de interior originária das zonas tropicais de África.

É uma das plantas de interior com flor mais populares para a decoração de divisões de casas. Atualmente, goza de muita popularidade devido à sua manutenção simples e, sobretudo, à beleza da sua floração.

Originária da África do Sul, a Saintpaulia possui uma roseta de folhas arredondadas recobertas por uma espécie de pelos que as tornam suaves ao tato.

As suas flores são lilases e surgem durante todo o ano.

Como mencionado, quase não requerem cuidados. O que realmente necessitam é de estar em ambientes luminosos, regas quando o substrato estiver seco (sem encharcar) e adubagem periódicas.

Antúrios

Antúrios

Anthurium

Nome científicoAnthurium
Nome comumAntúrio
ClasseLiliopsida
FamíliaAraceae
GéneroAnthurium
OrigemGénero de plantas nativo da América.

Planta de folhagem caduca, de carácter trepador e de folhas muito decorativas. O antúrio é originário da América Central e América do Sul e é uma das plantas de interior mais usadas em ornamentação.

As suas folhas são de cor verde brilhante e de grande tamanho. As suas flores destacam-se pela sua resistência e de acordo com a variedade, podem ser de diferentes tonalidades, sendo a mais cultivada a vermelha.

Ao contrário das plantas anteriores, o Anthurium não é tão simples de cultivar, pois é bastante exigente com a humidade ambiental, a luz e as regas.

Não tolera mudanças bruscas de temperatura, não suporta o excesso de água e deve ser pulverizado regularmente para conseguir ser adaptado ao ambiente interior de uma casa.

Pin It on Pinterest

Share This